menu_topo

Glossário de Física

Prof. Luiz Ferraz Netto
leobarretos@uol.com.br 

— F —

faixa infra-sônica. Vibrações da matéria abaixo de 20 ciclos/segundo (20 Hz).

faixa ultra-sônica. Vibrações da matéria acima de 20000 vibrações/segundo.

farad. A unidade de capacitância no S.I.U.; um coulomb por volt.

faraday. A quantidade de carga elétrica (96500 coulombs) necessária para depositar um equivalente químico de um elemento.

fase. A posição e movimento de uma partícula de uma onda.

fator de amplificação. Uma constante das válvulas eletrônicas (dos transistores de potências etc.), igual à razão entre uma pequena variação na tensão elétrica de placa e uma pequena variação na tensão elétrica de grade no sentido oposto, capaz de manter uma corrente de placa constante.

fator de conversão. A razão entre duas medidas equivalentes expressas em unidades diferentes.

fator de potência. O co-seno do ângulo de fase entre a corrente e a tensão elétrica, em um circuito de corrente alternada.

feixe. Vários raios de luz paralelos ou cônicos, considerados coletivamente.

F. e. m. ver força eletromotriz.

femto. Um prefixo do sistema métrico; 1015.

ferromagnetismo. A propriedade de uma substância que faz com que a mesma seja fortemente atraída por um ímã.

física de estado sólido. O estudo da estrutura e das propriedades físicas dos sólidos.

Fissão. O desdobramento de um núcleo pesado em núcleos de massa média.

fluido. Um líquido ou um gás.

fluxo luminoso. A parte da energia total radiada na unidade de tempo por uma fonte luminosa, que é capaz de produzir sensação de luz.

foco. Um ponto no qual os raios de luz se encontram (convergem) ou do qual divergem.

foco principal. Um ponto para o qual convergem os raios paralelos ao eixo principal, ou do qual divergem, depois de sofrerem reflexão ou refração.

força. Tudo que produz ou impede movimento, ou que possui tendência para isto. Causa das deformações.

força centrífuga. A força de inércia (para fora) que atua em um objeto que se move em uma trajetória curva, quando vista do sistema de referência do objeto móvel. Forças que surgem nos referenciais não inerciais.

força centrípeta. A força que produz a aceleração centrípeta.

força de atração gravitacional. A força de atração mútua entre partículas de matéria.

forças de Van der Waals. Forças de atração que resultam do efeito do campo elétrico variável de átomos de uma molécula sobre o campo elétrico dos átomos de outra.

força eletromotriz. (f. e. m.). A energia por unidade de carga, fornecida por uma fonte de corrente elétrica.

força equilibrante. A força que produz equilíbrio na partícula quando sujeita a outras forças de resultante não nula. É a força que anula o efeito da resultante de outras.

força magnética. Uma força associada com o movimento de cargas elétricas em campos de indução.

forças paralelas. Forças que agem segundo linhas de ação paralelas.

força resultante. A força única que produz o mesmo efeito que duas ou mais forças aplicadas simultaneamente no mesmo ponto.

força total. A força que atua contra toda a área de uma superfície.

fotoelástico. Relativo a certos materiais que se tornam duplamente refratores quando deformados.

fotoelétrons. Elétrons emitidos por um material sensível à luz, quando iluminado adequadamente.

fotometria. A ciência da medida da intensidade da luz.

fotômetro. Um instrumento usado para comparar a intensidade de uma fonte de luz com a de uma fonte padrão.

fóton. Um quanturn de energia luminosa.

freqüência. Número de vibrações ou ciclos por unidade de tempo. É o inverso do período.

freqüência de corte. Uma freqüência limite característica da luz incidente, abaixo da qual cessa a emissão fotoelétrica para determinado material.

função de trabalho. A energia mínima necessária para remover um elétron da superfície de um material e jogá-lo no espaço livre do campo.

fusão. (1) A passagem de um estado sólido para o estado líquido. (2) Uma reação em que núcleos leves se combinam para formar um núcleo de massa média.

fusível. Um dispositivo de segurança formado por uma tira ou fita de uma liga de baixo ponto de fusão, incluída em um circuito elétrico para fundir, e portanto abrir o circuito, no caso de sobrecarga.


Próxima consulta:

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V X Y W Z

 


Se o amigo encontrar erros e avisar, poderemos consertar. Se encontrar e ocultar, muitos outros, como eu, continuaremos a errar! < leobarretos@uol.com.br >.

Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2008 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados
Nova pagina 1