menu_topo

Glossário de Física

Prof. Luiz Ferraz Netto
leobarretos@uol.com.br 

— M —

 magnética, declinação. O ângulo que a agulha da bússola faz com a direção do norte verdadeiro.

magnética, inclinação. O ângulo formado entre a posição de equilíbrio de uma agulha magnética e a horizontal.

magnética, indução. O número de linhas de fluxo por unidade de área, que permeiam o campo magnético; também chamada densidade de fluxo magnético.

magnético, campo. Uma região na qual pode ser detetada uma força magnética ao se inserir uma massa magnética.

magnético, equador. A linha traçada na superfície da Terra pelos pontos de inclinação magnética nula.

magnético, fluxo. As linhas de força em um campo magnético, consideradas coletivamente.

magnetismo induzido. O magnetismo produzido em uma substância ferromagnética pela influência de um campo magnético.

magnetismo residual. O magnetismo retido em um material ferromagnético, depois de ter sido removida a força magnetizadora.

magnetosfera. Uma região da atmosfera superior, na qual o movimento das partículas carregadas é governado principalmente pelo campo magnético da Terra.

maleabilidade. A propriedade de um metal que pode ser martelado ou laminado em chapas.

manômetro. Um instrumento para medir pressões de gases.

massa. (1) Uma medida da quantidade de matéria. (2) Uma medida da inércia de um corpo.

massa atômica. A massa de um átomo, expressa em unidades de massa atômica.

massa critica. A quantidade de determinado tipo de núcleo fissionável, necessária para tornar uma reação de fissão auto-sustentável.

massa, defeito de. A diferença aritmética entre a soma das massas das partículas que constituem um núcleo e a massa do núcleo.

massa em repouso. A massa de um objeto em repouso em relação ao observador.

massa específica. Massa por unidade de volume.

massa, espectrógrafo de. Instrumento usado para determinar as massas de partículas atômicas.

massa, número de. (1) A soma do número de prótons e nêutrons no núcleo de um átomo. (1) O número inteiro mais próximo da massa atômica de um elemento.

massa relativística. A massa de um objeto em movimento em relação ao observador.

matéria. Qualquer coisa que seja sólida, líquida ou gasosa.

mecânica. O estudo do efeito das forças sobre os corpos.

mecânica ondulatória. Uma extensão da teoria quântica, na qual as características ondulatórias das partículas são consideradas como base de sua relação de massa-energia.

mecânica quântica. Um ramo da matemática que trata dos números quânticos e de outras aplicações da teoria quântica.

medidor Venturi. Um dispositivo para determinar a velocidade de um fluido em um tubo horizontal, por intermédio da pressão exercida pelo fluido.

mega. Prefixo do sistema métrico, 106.

meia-vida. O período de tempo durante o qual metade de dado número de átomos de um isótopo radioativo se desintegra.

meio. Qualquer material - sólido, líquido ou gasoso - no qual se propagam ondas.

menisco. A superfície em forma de crescente de uma coluna de líquido.

metro. Uma unidade de comprimento no sistema métrico, equivalente a 1 650 763,73 comprimentos de onda da luz laranja-avermelhada emitida pelo criptônio-86. Atualmente, definida a partir da velocidade da luz.

mho. A unidade de condutância; o inverso da resistência ôhmica.

micro. Prefixo do sistema métrico, 10-6.

microscópio eletrônico. Um microscópio poderoso, no qual as ondas eletrônicas são focalizadas por meio de lentes eletromagnéticas.

mili. Prefixo do sistema métrico, 10-3.

moderador. Um material que retarda nêutrons.

módulo de Young. (Para uma haste ou fio.) A razão entre um esforço de tração e a deformação linear correspondente.

módulo elástico. A razão do esforço para a deformação.

molécula. A menor partícula de um elemento ou composto capaz de existência estável independente.

momento. O produto de uma força pelo seu braço de alavanca.

momento de inércia. Uma propriedade quantitativa de um sólido, que representa sua resistência à rotação em torno de um eixo fixo; inércia rotacional.

motor a reação. Um motor térmico cuja aceleração é produzida pelo empuxo dos gases de exaustão.

motor de combustão externa. Um motor no qual o combustível queima fora dos seus cilindros.

motor de combustão interna. Um motor no qual o combustível é queimado dentro dos seus cilindros.

movimento. A variação contínua de posição.

movimento browniano. O movimento irregular e ao acaso de pequenas partículas em suspensão em um fluido, que se sabe é conseqüência do movimento térmico das moléculas do fluido.

movimento circular. Movimento de um corpo ao longo de uma trajetória curva de raio constante.

movimento curvilíneo. Movimento ao longo de uma trajetória curva.

movimento de rotação. O movimento de um corpo em torno de um eixo.

movimento harmônico simples. Movimento periódico no qual (1) uma partícula percorre distâncias iguais em sentidos opostos a partir da posição de equilíbrio (amplitude); (2) a partícula completa cada ciclo no mesmo intervalo de tempo; (3) a força exercida na partícula e a aceleração resultante são diretamente proporcionais ao deslocamento em relação á posição de equilíbrio; e (4) a força e a aceleração estão dirigidas para a posição de equilíbrio.

movimento periódico. O movimento de um corpo que se desloca, para a frente e para trás, em uma trajetória limitada e em intervalos de tempo iguais.

movimento retilíneo. Movimento ao longo de uma linha reta.


Próxima consulta:

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V X Y W Z

Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2008 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados
Nova pagina 1