menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor
Relógio de sol

Prof. Luiz Ferraz Netto
leobarretos@uol.com.br

Objetivo
Medir o tempo pelo movimento aparente do Sol.

Material

  • Azulejo (15 x 15)cm ou similar

  • Folha de lata (15 x 20)cm

  • Cola e caneta

  • Montagem

    Ø Corte folha de lata, como indica a fig. A, cuidando para que o ângulo a seja igual ao da latitude geográfica local (informe-se na Prefeitura). Para Barretos - SP, a = 20o 33' 18".

    relógio de sol - 02_005_01.gif

    Ø Dobre a lapela da lata, na linha pontilhada, em ângulo reto, conforme indica a fig. A e cole-a sobre a linha central do azulejo, como mostra a fig. B (encostando numa borda).

    Ø Verifique se a lata (parte saliente) ficou bem perpendicular em relação ao azulejo.

    Procedimento

    Ø Coloque o azulejo, numa superfície horizontal, ao sol, de tal modo que o triângulo indique a direção N - S com a ponta alta indicando para o Sul.

    Ø Para encontrar a direção N - S, finque, num lugar plano e horizontal, uma haste vertical. Quando a sombra da mesma for a menor de todas (perto do meio-dia, para os que vivem em meridianos próximos ao de Brasília), a direção N - S estará representada pela direção da sombra (o Sul será a extremidade da sombra).

    Ø Servindo-se de um relógio com hora certa, marque o azulejo, com uma linha, onde fica a sombra projetada pela parte reta do triângulo nas horas cheias. Porém, consulte a tabela, anexa, para o dia em que você for fazer a marcação .

    Ø Observe, no decorrer do ano, as diferenças entre a hora solar e a hora oficial. (A Terra tem outros movimentos além da rotação e translação .)

    Ø Às doze horas (meio-dia), a sombra coincidirá com o meio do azulejo? (Consulte num mapa a posição de Brasília e a do seu município.)

    Ø Ambos estão no mesmo meridiano?

    Equação do Tempo

    Janeiro 1 (+3min); 3 (+4); 6 (+5); 7 (+6);
    10 (+7); 13 (+8); 15 (+9); 18 (+10);
    21 (+11); 25 (+12); 30 (+13.
    Fevereiro 6 (+14); 25 (+13).
    Março 3 (+12); 7 (+11); 11 (+10); 15 (+9); 18 (+8); 22 (+7); 25 (+6); 29 (+5).
    Abril 1 (+4); 4 (+3); 8 (+2); 11 (+1);
    15 ( 0); 20 (-1); 25 (-2).
    Maio 1 (-3); 11 (-4); 25 (-3).
    Junho 2 (-2); 7 (-1); 12 ( 0); 18 (+1);
    22 (+2); 27 (+3).
    Julho 2 (+4); 8 (+5); 16 (+6).
    Agosto 11 (+5); 16 (+4); 21 (+3); 24 (+2); 29 (+1).
    Setembro 1 ( 0); 4 (-1); 7 (-2); 10 (-3); 12 (-4); 15 (-5); 18 (-6); 21 (-7); 24 (-8);
    27 (-9); 30 (-10).
    Outubro 3 (-11); 6 (-12); 10 (-13); 14 (-14); 19 (-15); 26 (-16).
    Novembro 16 (-15); 21 (-14); 25 (-13); 27 (-12).
    Dezembro 1 (-11); 3 (-10); 6 (-9); 8 (-8);
    10 (-7);12 (-6); 14 (-5); 16 (-4);
    18 (-3); 20 (-2); 22 (-1); 24 ( 0);
    27 (+1);
    28 (+2); 31 (+3).

    Tabela: Mourão, Ronaldo Rogério de Freitas. Anuário de Astronomia 1993 - Rio de Janeiro.

    Observações

    A notação (+5), indica que o Sol está 5 (cinco) minutos atrasado. A notação (- 5), indica que o Sol está 5 (cinco) minutos adiantado.

    Para marcar as linhas no azulejo, deve-se ter em conta se a passagem do Sol está adiantada ou atrasada.

    Exemplos

    Se o azulejo for riscado no dia 29 de março (Sol atrasado cinco minutos), as linhas deverão ser marcadas às 8h e 5min, 9h e 5min, 10h e 5min etc., da hora oficial.

    Se for riscado no dia 15 de setembro (Sol adiantado cinco minutos), as linhas deverão ser marcadas às 7h e 55min, 8h e 55min, 9h e 55min etc.



    Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

    Nova pagina 1