menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor

Imagens em espelhos planos

Prof. Luiz Ferraz Netto
leobarretos@uol.com.br

Objetivo
'Descobrir' as regras que justificam a formação das imagens pelos espelhos planos.

Material
Espelho plano (aproximadamente 10 cm x 12 cm)
Caneta
Caderno

Procedimento
- Faça os alunos colocarem o espelho deitado na mesa da sala de aula, à sua frente, bem perto.
- Peça-os para colocarem a caneta acima do espelho e observarem onde se encontra a imagem.
- Faça-os anotarem no caderno a primeira regra na formação de imagens no espelho plano: 
                             "
a imagem formada no espelho está na parte de trás do espelho".
- Peça-os para colocarem a caneta verticalmente sobre o espelho, deslocando-a depois para frente - para trás - para direita - para esquerda, observando o que acontece com a imagem.


- Leve-os a observarem que cada ponto da imagem corresponde um ponto do objeto e que a imagem formada encontra-se perpendicular ao espelho (figura A). Segunda regra
                                          "
a imagem forma-se na perpendicular ao espelho".
- Peça-os para colocarem um dedo horizontalmente acima do espelho, a caneta acima do dedo e observarem a que distância do espelho se encontra a imagem (figura B).
- Repita a experiência colocando horizontalmente primeiro dois dedos e depois três dedos.
- Leve-os a deduzirem a terceira regra:
                            "a imagem formada e o objeto estão à mesma distância do espelho".
- Faça-os realizarem outros exercícios.

Observação
Utilizando estas três regras, os alunos encontrarão, com facilidade, a imagem de qualquer objeto, produzida por um espelho plano. Em função do nível dos alunos da sala introduza o conceito de SIMETRIA. Construa, no quadro negro, o simétrico de um ponto em relação a uma reta dada. Use régua e compasso grande.


Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1