menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor

Caleidoscópio

Prof. Luiz Ferraz Netto
leobarretos@uol.com.br

Objetivo
Esta atividade (uma aplicação prática da experiência anterior) permitirá aos estudantes a oportunidade de examinar um sistema óptico, constituído por dois espelhos planos, construindo um caleidoscópio 'feito à mão'. Aproveita-se a atividade como forma de expressão das habilidades artísticas dos alunos. 

1. O professor deverá imprimir, como uma opção, a página de figuras de borboletas que apresentamos abaixo. Todavia, outras figuras servirão para a atividade.
2. Oriente os alunos para colorir as borboletas. Os alunos devem usar da própria criatividade na técnica do colorido assim como deve-se despertar a pesquisa sobre as borboletas, de modo que possam colori-las com mais precisão.
3. Adquira dois espelhos planos quadrados (algo como (15 x 15) cm. Aproxime-os por um de seus lados, deixando um espaço igual à espessura de 2 espelhos entre eles (para facilitar o movimento). 

Passe uma fita gomada pela face traseira. Essa fita servirá de 'dobradiça' para os espelhos.

 

4. Coloque o sistema de dois espelhos angulares sobre a mesa. Eles devem ter a liberdade para abrir e fechar e, como isso, permitir toda uma variedade de ângulos.
5. Coloque a folha de desenhos de borboletas sob os espelhos, como se ilustra na foto.
6. Instrua o aluno para que segure o espelho ligeiramente acima do quadro de borboletas. Peça para outro aluno para girar o quadro sob os espelhos. Isso criará o efeito do caleidoscópio.
7. O ângulo dos espelhos pode ser ajustado, de forma que resultado do efeito de caleidoscópio, pode ser alterado.

Explore o trabalho! 
Sugira aos alunos para pesquisarem pelo menos três espécies de borboletas. Exemplos: a monarca, a rabo de andorinha e as borboletas azuis comuns. Os alunos deverão coletar os seguintes tipos de informações:

Ciclo de vida e tempo de vida; coloração; região de vivência e habitat; padrões de migração; dispositivos protetores aos predadores ou adaptações. Que predador apresenta maior perigo para elas?

Quadro para pintar

Variante do experimento
Construir um caleidoscópio tradicional que é uma aplicação prática da experiência anterior.

Material
Três espelhos (13 cm x 4 cm)
Papel celofane transparente (5 cm x 5 cm)
Cartolina (15 cm x 22 cm)
Cola
Papel vegetal ou similar (5 cm x 5 cm)
Objetos transparentes coloridos (plásticos, vidros, papel celofane...)
Linha ou tira de borracha
Tesoura

Montagem
- Junte os três espelhos por suas bordas para formar um prisma triangular (tinta do lado de fora); amarre-os com uma linha e passe um pouco de cola nas arestas. Fitas gomadas podem substituir a linha.

- Corte um triângulo de papel celofane transparente do mesmo tamanho que a 'extremidade' do prisma formado e cole-o aos vidros à moda de tampa. (Cuidado para não colocar cola demais.)
- Encape o prisma com a cartolina, colando-a nos espelhos (convém fazer um espelho por vez), de modo que a cartolina sobre 1,5 cm na extremidade que tem o papel celofane.
- Acomode, no espaço entre a cartolina e o papel celofane, objetos transparentes coloridos.
- Corte um papel vegetal um pouco maior que a extremidade do prisma e, dobrando o excedente, segure-o com linha ou fita gomada na cartolina.

Procedimento
- Coloque-se frente a uma janela e observe o prisma pela extremidade aberta.
- Gire o prisma.
- Descreva o que observa e relacione-o com a experiência anterior.

 


Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1