menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor

Medidor de corrente elétrica

Prof. Luiz Ferraz Netto
leobarretos@uol.com.br 
 

Objetivo  
Verificar o princípio de funcionamento de um medidor elétrico. Observar que a corrente de uma pilha tem um sentido determinado. Medir o valor de uma corrente.

Material
Lima imantada, triangular ou redonda (pequena, gasta, 1,5 a 2 cm) 
Fio esmaltado no 23, de 3,6m (pode ser de um relé de carro) 
Cano PVC de 3 cm e Ø 30 mm ou uma polegada 
Vareta de antena de tevê de 10 cm 
Agulha 
Transferidor 
Tábua (4 cm x 5 cm x 1 cm) 
Aparelho da experiência no 94 (Indicador de corrente) 
Lixa 
Cola 
Furador 
Tesoura 
Serra de ferro

Montagem
- Pegue o cano e faça dois furos de Ø 1 mm na parte superior, a 1 mm da borda, um junto ao outro (nos extremos de um diâmetro); faça outros dois furos, perto um do outro, 2 mm mais abaixo, e construa a bobina como na experiência anterior, dando trinta voltas com o fio.
- Serre longitudinalmente a varinha de antena e aplaine-a para poder tirar o triângulo de alumínio indicado no parágrafo seguinte.
- Corte um triângulo de alumínio com 8 mm de base e 90 mm de altura e faça dois furos a 7 mm da base e 27 mm da altura (figura A).

- Dobre a parte da base (do triângulo), de modo que os dois furos fiquem frente a frente e cole o ímã de modo que, passando a agulha pelos furos e segurando pelas pontas da agulha, o sistema fique vertical (figura B).
- Tire, com uma lixa, o verniz das pontas do fio da bobina. Fure o centro do transferidor de ø 3 mm e acomode o mesmo de tal modo que seu furo esteja alinhado com os dois furos do cano suporte da bobina.
- Monte o sistema, passando a agulha na seguinte ordem: furo do cano, furos do alumínio, furo posterior do cano e furo do transferidor (figura C). 

Procedimento
- Coloque as pilhas em série (figura D) e ligue os terminais da bobina aos pontos A e B, observando o aparelho.
- Inverta a posição dos fios nos extremos das pilhas e observe o aparelho novamente.
- Conclusão.
- Ligue os terminais da bobina, inicialmente,em A e B (uma pilha) e a seguir em A e C (duas pilhas).
- Qual a diferença observada?
- Se as pilhas forem novas, pode-se marcar no transferidor 1,5V e 3V na primeira e segunda posições do indicador de alumínio, respectivamente,que são os valores aproximados da diferença de potencial correspondente à dos extremos de uma pilha ou de duas pilhas colocadas em série.
- Dispomos, portanto, de um aparelho para medir pequenas diferenças de potencial.

Observação: Não deixar muito tempo o aparelho ligado, pois esgota a energia das pilhas.



Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1