menu_topo

Atividades em Comunicações
(Série C - ATIVIDADE 16 - Como é construída uma cigarra simples?)

Prof. Luiz Ferraz Netto [Léo]
leobarretos@uol.com.br

Uma cigarra é, em essência, o mesmo que um receptor telegráfico, com a diferença de produzir um zumbido, quando você aciona o manipulador, fechando o circuito, em vez de um estalido. Ela continuará a zumbir, enquanto o manipulador estiver abaixado. Isto acontece porque ela é construída de modo a ligar e desligar automaticamente o circuito muitas vezes por segundo, enquanto você comprime o manipulador. Isto faz com que a armadura vibre suficientemente rápido para produzir o zumbido.
A cigarra é ótima para enviar código --- um zumbido breve é um ponto e um zumbido mais longo é um traço --- soa de modo semelhante a um código de rádio e é, portanto, superior ao nosso didático receptor telegráfico para quem quiser aprender a enviar e receber mensagens pelo rádio.

Para fazer a base e a armação da cigarra, corte três pedaços de tábua (de 1,0 ou 1,5 cm de espessura) com as seguintes dimensões: um de (12 x 15) cm, outro de (5 x 5) cm e o último de (5 x 8) cm. Faça um furo de 3/16" na tábua que servirá de base, para prender o eletroímã, a mais ou menos 6 cm de distância da extremidade da mesma.
Para fazer o eletroímã, providencie, na loja de ferragens, um parafuso 3/16” (4,5 mm) de 9 cm de comprimento, com porca  e arruelas. Ponha no mesmo duas arruelas para servirem de encosto para o fio do enrolamento e uma porca, deixando livre pouco mais de 2 cm da extremidade para prendê-la à base (figura 2). Enrole caprichosamente 100 voltas de fio de campainha ou fio de cobre esmaltado #22 a 24, deixando as duas extremidades soltas, com mais ou menos 35 cm de comprimento. Amarre o fio na última volta ou, então, prenda-o, com fita isolante, para impedir que o fio se desenrole. Agora monte o eletroímã enfiando a ponta rosqueada no furo de 3/16", já feito na tábua de (12 x 15) cm.

Para fazer o vibrador (armadura), dobre uma tira fina de ferro de 2 cm de largura por 12 cm de comprimento em um ângulo reto de modo que um dos lados tenha 7 cm. Um pedaço de mola de relógio estragado seria excelente. Esta pode se tornar mais flexível se aquecida até ficar rubra e resfriada lentamente. Faça dois furos no lado mais curto.  Prenda a tira de ferro ou aço numa morsa e use furadeira elétrica com o devido cuidado.  Prenda-a, com parafusos para madeira, ao bloco menor e pregue o bloco à base como é mostrado na figura 1. Deve-se tomar cuidado para que a lâmina vibrante não fique mais que 2 mm além da 'cabeça' do eletroímã. Se isto não estiver exato, pode ser ajustado mais tarde, dobrando-se a tira do vibrador.

Para a ponta de contato, arranje um parafuso de latão, com mais ou menos 3 cm de comprimento e 1/8” (3 mm) de diâmetro, duas porcas para fixá-lo e uma cantoneira de ferro de 2” (5 cm). Enfie o parafuso de latão num dos furos como na figura 3. Fixe, com parafusos para madeira, esta cantoneira de ferro na lateral do   bloco de (5 x 8) cm, de modo que quando este estiver em posição, como na figura 1, o lado horizontal da cantoneira fique cerca de 1cm acima da lâmina vibrante.

Agora ligue sua cigarra, com duas, três ou quatro pilhas e um manipulador construído por você mesmo (senão, compre um interruptor, tipo botão de campainha residencial).
A Atividade 14, Segunda Parte, dá as instruções para a fabricação de um manipulador. Veja se todas as ligações estão bem feitas e se o fio está descoberto (e lixado) onde são feitas as ligações. Aperte o manipulador e mantenha-o assim, enquanto você torce o parafuso de latão para baixo, até entrar em contato com a lâmina vibrante. Se esta não vibrar, use lixa ou palha de aço para polir bem a superfície sob a ponta de contato. Assim que o aparelho começar a vibrar, melhore o som,
ajustando adequadamente o parafuso de contato, e, também, dobrando o vibrador, para conseguir um espaço tal que entre o vibrador e o eletroímã caiba a lâmina de uma faca de cozinha.

Agora você pode praticar o código sozinho ou, se outros de seus colegas tiverem construído cigarras, você pode ligá-las com uma linha de transmissão dentro da sala, como na Atividade 15, ou, você pode emitir sinais através do quarteirão, entre sua casa e a de seu amigo.

... Atividades da Série C - Comunicações ...
    #14 Qual é a base dos instrumentos telegráficos simples?
    #15 Como montar uma ligação telegráfica bi-lateral?
    #16 Como é construída uma cigarra simples?
    #17 Como é feito e como funciona uma campainha elétrica?
    #18 Uma campainha didática, mas que funciona de verdade.
    #19 Como fazer um modelo de telefone?
    #20 Como usar dois carvões e lápis para fazer um telefone?
    #21 
Dois tipos interessantes de ‘telefones', com caixas de charuto.
    #22 Como funciona o telefone de verdade?
    #23 
Como construir uma linha telefônicas e usá-la nos dois sentidos?

 

Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2009 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1