menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor
Relatividade da trajetória
(Disco e régua)

Prof. Luiz Ferraz Netto
leobarretos@uol.com.br

Objetivo
Mostrar que a trajetória descrita por um ponto material depende do referencial adotado.

Material
Suporte, régua, disco de madeira, disco de papel, borboleta e caneta hidrográfica.

Montagem e Procedimento
a) Aperte a borboleta no parafuso do centro do disco para fixá-lo ao suporte; passe a caneta hidrográfica ao longo da borda superior da régua. A trajetória obtida é aquela da ponta da caneta, em relação ao disco fixo ao suporte.

b) Solte um pouco a borboleta, de modo que o disco possa girar livremente ao redor de seu eixo; sem segurar o disco, passe lentamente a caneta pela borda superior da régua. Para o referencial suporte e régua a trajetória é um segmento de reta horizontal e, para o disco, a trajetória será uma pequena curva.

c) Com uma das mãos gire o disco e, com a outra, passe a caneta pela borda da régua.

d) Analise todas as trajetórias descritas pela ponta da caneta hidrográfica, em relação ao suporte e ao disco, fixo e móvel.



Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1