menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor
Bolinha na glicerina/óleo

Prof. Luiz Ferraz Netto
leobarretos@uol.com.br

 

Objetivo
Estudo do movimento de uma bolinha de gude no interior do óleo ou glicerina contida num tubo.

Material
Lâmpada fluorescente adaptada, óleo ou glicerina, bola de gude, régua e cronômetro.

Técnica para preparar o tubo de vidro: Segurando o tubo com grossas luvas, quebre o isolante que sustenta os dois pinos de contato de uma das extremidades da lâmpada fluorescente 'pifada'. Com alicate de bico retire os pedaços de vidro e isolante desse terminal. Com vareta metálica fina (e muito cuidado!) quebre a estrutura de vidro que suporta o filamento do outro terminal da lâmpada (essa vareta metálica deve ter cerca de 1,5 m de comprimento). Retire todos os resíduos de vidro e material isolante de dentro da lâmpada (cuidado com as gotículas de mercúrio). Coloque um punhado de areia grossa dentro do tubo e agite-o firmemente para arrancar a cobertura de material fluorescente que reveste a parede interna. O vidro deve ficar perfeitamente transparente. Retire a areia (embrulhe-a e jogue no lixo). Se necessário, repita a operação usando agora areia fina. 

Montagem

Com um cronômetro ou relógio digital colhe-se
os instantes significativos do movimento. Através
da régua obtenha as alturas nos instantes anota-
dos.

Construa uma tabela contendo os pares (altura
versus tempo) e analise o movimento.
Justifique porque ele é uniforme. Indique causas
prováveis de erros cometidos.
O diâmetro do tubo interfere no resultado experi-
mental? E o raio da bolinha?

Falou da lei de Stokes? Não!? 



Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1