menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor
Velocidade relativa
(No trator de esteiras)

Prof. Luiz Ferraz Netto
leobarretos@uol.com.br

Objetivo
Mostrar que as partes de um corpo articulado, em movimento, pode ter velocidades absolutas diferentes.

Montagem

As figuras representam um trator de esteiras, movido a pilhas. O pequeno sarrafo colocado sobre a parte superior da esteira, na figura da esquerda, (ou o pequeno balde A, na figura da direita) avança nitidamente à frente do trator. Sua velocidade em relação ao trator é V. Em relação ao solo, a frente do trator avança com velocidade V , o sarrafo (ou o balde) com velocidade 2V e a parte inferior da esteira, em contato com o solo, tem velocidade nula. 

É interessante notar que, durante o movimento do trator, há uma parte dele em repouso é a região da esteira em contato com o solo. E mais notável ainda observar que uma esteira contínua tenha pontos com velocidades desde 0 até 2V
E superextremamente notável, entretanto, observar com pouca gente sabe disso! Percebe qual a função básica de uma Feira de Ciências?

Situação análoga ocorre com o trem: "Que parte do trem move-se para trás durante o movimento do trem para a frente?"

 


Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1