menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor

Puxando o barco

Prof. Luiz Ferraz Netto
leobarretos@uol.com.br

O raciocínio
Da margem de um lago um homem puxa um barco por meio de uma corda presa na proa, recolhendo-a com uma velocidade de módulo constante uc.

Com a intenção de calcularmos a velocidade de avanço do barco (vb), foi feita a decomposição da velocidade uc, como se ilustra abaixo e, dessa figura, obtemos: vb = uc.cos a.

Por essa expressão concluímos que, quanto maior for o ângulo a, ou seja, quanto mais perto da margem vai chegando o barco, menor será sua velocidade de avanço (a uc é mantida sempre com o mesmo módulo, conforme foi enunciado).

Ora, na realidade o que acontece é exatamente o oposto; à medida que o barco se aproxima da margem sua velocidade deverá aumentar! Isso é fácil de verificar com um simples experimento: basta amarrar um fio de linha a um lápis e puxá-lo do mesmo modo como se puxa o barco. O lápis 'acelera' conforme se aproxima do experimentador.

Qual a causa da discrepância entre a teoria exposta e o experimento real?

 

Após a devida reflexão sobre o tema, veja a RESPOSTA.

 


Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1