menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor

A torre de Pisa
(Modelo didático)

Prof. Luiz Ferraz Netto
leobarretos@uol.com.br

Objetivo
Você pode simular a famosa torre de Pisa (e sua inclinação) construindo a estrutura articulada vista na ilustração abaixo. 

Material e Montagem
São 3 tábuas de (15 x 20 x 1) cm e 4 sarrafos de (50 x 2 x 0,5) cm. Em cada sarrafo pratique, nas posições indicadas na ilustração, 3 orifícios de diâmetro 3 mm (um em cada extremidade e outro no centro do sarrafo).
Monte a armação com 12 parafusos para madeira, que passem justo pelos orifícios. Não aperte-os exageradamente. No centro da tábua intermediária faça um pequeno orifício para passar e prender um fio de nylon (linha de pesca). Na extremidade livre desse fio coloque uma chumbada de pesca, constituindo um fio de prumo.

A estrutura inclinada permanecerá em equilíbrio estável enquanto a direção do fio de prumo cair na projeção da base de apoio. Colocando-se massores sobre a tábua intermediária (ou a superior) altera-se a posição do centro de gravidade do sistema e, conseqüentemente, sua estabilidade de equilíbrio. Eis a distribuição de forças para a justificação do tombamento. Observe, na quarta ilustração, que a reação normal de apoio atinge seu máximo de afastamento em relação ao centro da base e que qualquer acréscimo de inclinação, além disso, o torque da força peso (pois saiu fora da projeção da base) determinará o tombamento.

Esta Torre inclinável ilustrada abaixo, foi feita em metal. As placas planas são de flandres e apresentam lapelas de 1,5 cm, dobradas a 90º, ao longo de seus comprimentos; as hastes são de latão de 1 cm de largura e 3 mm de espessura. Nos furos foram aplicados parafusos e porcas tipo borboleta, para facilitar os ajustes na pressão.

 


Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1