menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor

Torneira misteriosa

Prof. Luiz Ferraz Netto
leobarretos@uol.com.br

Apresentação
Muitas pessoas já viram, principalmente em vitrines, tais torneiras jorrando água sobre um empilhado de cubas ... e nenhuma cano ligado à torneira. A água que jorra parece sair do nada! Simples 'truque' devido à transparência da água. Vamos a ele.

Material
Motor de esguicho d'água para pára-brisas de automóveis (12V); caixa de madeira, bateria de 12V (dessas usadas em 'no-breaks' ou comum, automotiva), feltro, torneira, rolha, tubo plástico transparente, água e fio de pesca.

Montagem

A torneira (com a rolha vedando a extremidade por onde normalmente entraria a água) é suspensa mediante fios de pesca. O tubo plástico transparente (rígido) deve entrar bem folgado no bico da torneira e sua extremidade inferior é encaixada na bomba d'água acoplada ao motor elétrico.
Essa bomba d'água pode ser aquele modelo utilizado para jorrar água nos pára-brisas dos carros que funciona com 12 VCC. Para acionar o motor dessa bomba centrífuga pode ser usada bateria de 12 V típica dos 'no-breaks' ou uma fonte de alimentação de 12VCC (eliminadores de pilhas).
Um pequeno tubo plástico flexível leva a água que cai na bacia (que tem um furo em seu fundo) para a bomba, mantendo-a abastecida.
Ligando-se o motor, esse força a água a subir pelo interior do tubo plástico, contorna o interior do bico da torneira e cai envolvendo o exterior do tubo plástico. Como água e tubo são transparente não se vê a água subindo pelo interior do tubo ... apenas se vê a água jorrando da torneira.
Obviamente, para manter o suspense, o espectador não deve ver o aparelho desligado!



Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1