menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor

Turbina à reação

Prof. Luiz Ferraz Netto
leobarretos@uol.com.br

Apresentação
A terceira lei de Newton é usada para justificar a rotação nesse projeto bastante simples porém, não menos didático.

Material
Garrafa PET de 2 litros; rolha com 2 orifícios; fio de pesca e tubos de vidro e látex.

Montagem

(a) Corte o fundo de uma garrafa plástica PET para refrigerante. São embalagens descartáveis, de capacidade 2 litros. Dê preferência a aquelas transparentes e cujos rótulos são de plástico; esses são mais fáceis de serem arrancados do que aqueles de papel que levam uma cola danada de ruim para tirar.

(b) Faça três furinhos simétricos (120 graus) a 2 cm abaixo do corte. Amarre 3 pedaços de linha de pesca (número 50 ou 60), passando por esses orifícios e una-os em um só pedaço. Esse último pedaço deve ser preso a um suporte, mantendo a garrafa de boca para baixo.

(c) Obtenha uma rolha de borracha ou cortiça com 2 furos, que encaixe firmemente na boca da garrafa.
      Pelos orifícios na rolha passe tubinhos de vidro em forma de cotovelo (90 graus). Esses tubinhos (conexões em L) podem ser obtidos em lojas de material de Química ou confeccionados na própria escola. Seu professor poderá ajudá-lo.

(d) Mediante tubinhos de látex (“tripa de mico”, muito comum em laboratórios químicos), adapte a esses cotovelos de vidro, dois outros cotovelos que tenham uma das extremidades afiladas. Esses cotovelos de extremidades afiladas devem ficar no mesmo plano horizontal (PH) e apontando para sentidos opostos — tipo torniquete.

(e) Adapte firmemente o conjunto (d) à boca da garrafa e encha essa com água.  

Os jatos laterais de água produzem forças de reação que originam um torque, pondo o conjunto a girar em sentido oposto aos dos jatos de água. Expõe-se nessa experimentação o famoso princípio da ação e reação. O experimento destaca também as forças que os líquidos aplicam nas paredes laterais.

Nota: Nos áureos tempo de 'colégio' e universidade, nos barracões da FUNBEC, no campus da Cidade Universitária (USP) havia boa quantidade de material avulso para montagens didáticas, como as aqui sugeridas. Será que essa 'monstruosa' ajuda governamental à Educação derrubou tais barracões?


Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1