menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor

Quanto pesa a água contida num copo de boca para baixo?

Prof. Luiz Ferraz Netto [Léo]
leobarretos@uol.com.br

--- Nada, claro! - dirão todos - como irá pesar se a água vai derramar quando virarmos o copo de boca para baixo?
--- Mas, e se não derramar? - pergunto eu.

Realmente, há alguns modos de se conseguir que a água não derrame quando virarmos o copo de boca para baixo.
Uma delas, bem simples, é colocar uma carta de baralho ou cartão de visita na boca do copo cheio de água e a seguir invertê-lo, deixando-o de boca para baixo.

Como o sabemos, na área útil do cartão, aquela que veda a boca do copo, agem dois conjuntos de forças, a saber: na face banhada pela água, os pesos de todas as moléculas de água do interior do copo (cuja resultante é dita, simplesmente, 'peso da água') e na face banhada pelo ar, a força devido à pressão atmosférica (estamos negligenciando o peso próprio da carta de baralho, em confronto com as demais forças envolvidas no experimento). Como a força devido à pressão atmosférica, na área em questão, é bem maior que aquela aplicada por uma pequena coluna de água da altura de um copo comum, essa água não irá derramar, permanecendo aprisionada dentro do copo. Para que esse experimento não surtisse tal efeito seria necessário que esse copo tivesse, pelo menos, 10 metros de altura!

Outro modo simples para manter a água dentro do copo, mesmo deixando-o de boca para baixo, é substituir a carta de baralho por 'uma carta de água'.

Sim, podemos usar da água para impedir que a água do copo derrame!
Isso não é difícil de se conseguir. Basta encher o copo com a água de um balde, mergulhando-o totalmente e a seguir, emborcá-lo, e ir lentamente retirando-o do balde, sempre com a boca para baixo. Conforme o copo vai saindo verticalmente da água, o experimentador irá sentindo cada vez mais a necessidade de aumentar a força aplicada, para cima, para poder levantá-lo. Quando a borda do copo emborcado e cheio d'água atingir a superfície, a força aplicada pelo experimentador deverá ser suficiente para equilibrar não só o peso próprio do copo como também o peso da água que ele contém.
É exatamente o mesmo esforço que deverá fazer para manter o copo cheio d'água com a boca para cima!

Obviamente tudo isso poderá ser 'medido', caso contrário não estaríamos argumentando cientificamente. As 'pesagens' envolvidas podem ser efetuadas com dinamômetros ou com balanças. Se utilizar de um copo plástico, fácil de furar e colar, as operações ficarão facilitadas. As ilustrações abaixo mostram as várias possibilidades de fixação e ´pesagens´:

Conclusão: A água "contida" num copo com a boca para baixo, pesa tanto como se o copo estivesse cheio e com a boca para cima.

 


Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1