menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor

Tevê como fonte de alta-tensão
(Máquina de eletrizar)

Prof. Luiz Ferraz Netto
leobarretos@uol.com.br

Introdução
Um televisor adquire em sua tela alta quantidade de carga elétrica negativa nas fases de ligar e de desligar. Essas cargas elétricas podem ser aproveitadas para diversas experiências de eletrostática, em particular, para acionar o motor eletrostático de garrafas.

Para usar uma tela de televisão como fonte de alta-tensão recomenda-se o seguinte

Procedimento
1. recorte uma folha de papel alumínio do tamanho que cubra sua tela, deixando livres 2 cm em todo seu contorno;

2. 'arredonde' os cantos desta folha;

3. com fita gomada (durex ou fita de embrulho) fixe a borda superior da folha (previamente centrada) contra a tela;

4. alise o papel alumínio contra a tela usando, por exemplo, uma tampa de caneta esferográfica;

5. prenda as laterais da folha com fita gomada;

6. no canto inferior direito da folha, coloque um pequeno clipe metálico, já com a ponta do fio de ligação para o motor eletrostático desencapada e bem presa nele;

7. prenda o clipe (e a borda do papel alumínio) contra a tela usando fita gomada;

8. finalmente prenda o fio de ligação (trecho encapado) na borda plástica de sua tevê, também com fita gomada.

Para que um motor eletrostático funcione com esta fonte de tensão, ligue o fio que você preparou a um dos estatores do motor; o outro estator deve ser aterrado (ligado a uma torneira, porta ou janela metálica ou ainda no fio terra de seu computador - mas somente se seu computador tiver o plugue de três terminais e o terminal de terra estiver ligado corretamente.

Ligue sua tevê. O motor girará por algum tempo e quando estiver quase parando, desligue a tevê ... ele continuará girando. Logo ele começará a parar, então ligue a tevê ... e continue assim. A tela adquire alto potencial elétrico nas fases de ligar e desligar. Fazendo isso, continuamente, seu motor permanecerá sempre girando.

ISSO DANIFICARÁ SEU TELEVISOR?
Não, o meu nada sofreu! Na dúvida, recomendo o uso de uma tevê já encostada. Eu uso como fonte de alta tensão um monitor de meu antigo computador APPLE II Enhance (lembra dele?). Uso também um tevê preto e branco que usava com o CP-300!

O fato de ligar e desligar uma televisão ocorre várias vezes ao dia em uma residência. Se tomarmos como média 6 vezes, a televisão será ligada e desligada 2.190 vezes por ano, 21.900 em dez anos. Uma televisão via de regra dura mais tempo que isso! Numa sessão de experiências, em Feiras de Ciências, por exemplo, dificilmente haverá chances de ligar e desligar 21.900 vezes. O problema não está no desligar, e sim no ligar. Ao se desligar um televisor, os capacitores eletrolíticos de outrora (hoje temos fontes chaveadas) permanecem carregados. Se, ao religar, tivéssemos o azar de pegar a crista de onda da corrente alternada, uma sobretensão se adicionaria ao capacitor. Essa d.d.p. extra poderia danificar algumas partes do televisor e mesmo originar faiscamento no flyback. Hoje estamos livres desses pormenores.

 

Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1