menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor

Gerador Eletrostático Elementar
(Placa eletrostática)

Prof. Luiz Ferraz Netto [Léo]
leo@feiradeciencias.com.br 

Introdução
Um gerador eletrostático, ou máquina eletrostática, é um dispositivo mecânico que produz 'eletricidade' estática, desenvolvendo alta tensão e baixa corrente contínua. O conhecimento da 'eletricidade' estática remonta às primeiras civilizações, mas por milênios permaneceu apenas como um fenômeno interessante e mistificador, sem uma teoria para explicar o seu comportamento e, muitas vezes, confundido com o magnetismo. Até o final do século XVII, os pesquisadores tinham desenvolvido meios práticos de geração de 'eletricidade' por atrito, mas o desenvolvimento das máquinas eletrostáticas não começou a sério até o séculoXVIII, quando se tornaram instrumentos fundamentais nos estudos sobre a nova ciência da 'eletricidade'. 
Geradores eletrostáticos podem operar manualmente (em geral para fins didáticos) ou usar de outros meios para transformar trabalho mecânico em energia elétrica. Eles desenvolvem cargas eletrostáticas de sinais opostos que são encaminhadas a dois condutores (devidamente isolados), utilizando apenas as forças elétricas. Eles trabalham pela utilização de placas móveis, tambores, ou correias para transportar carga elétrica para um eletrodo de alto potencial. A carga é gerada por um dos dois métodos: efeito triboelétrico (atrito) ou indução eletrostática. Há máquinas que combinam os dois métodos.

'Tábua' Eletrostática
O modelo que apresentamos, passo a passo, é uma dessas máquinas eletrostáticas em sua total simplicidade. Veja a lista de material:

As placas plásticas diariamente usadas nas cozinhas para cortes de carnes, legumes, etc., eram, a alguns anos atrás produzidas em madeira macia e conhecidas como 'tábuas de cortar carnes' ou 'tábuas de cozinha'; hoje são de plástico ... mas a denominação 'tábua de cozinha' continua. Essa é a nossa 'tábua'. Os demais componentes são de facílima obtenção.

Fase 1-

  • Corte a folha de alumínio (de cozinha)
    o suficiente  para cobrir a maior parte
    de uma das faces da 'tábua', deixando
    cerca de 2 cm descobertos no topo e
    na base da 'tábua'.

  • Passe cola nesta face da 'tábua' e
    aplique a folha de alumínio. Alise com
    a mão, delicadamente, de modo a não
    deixar rugas na folha de alumínio.

Fase 2-

  • Cubra as bordas da folha de alumínio
    com fita isolante. Você pode cobrir os
    quatro lados ou apenas dois deles.
     

  • NÃO FOI FÁCIL!
     

  • SUA MÁQUINA ELETROSTÁTICA
    ESTÁ PRONTA!

Operando com a máquina

Ope 1-

  • Para operar a máquina, mantenha-a com
    a mão esquerda, com a face não recoberta
    com o alumínio para cima.
     

  • Esfregue o retalhos de lã ou flanela nesta
    face da 'tábua' plástica.

Ope 2-

  • Enquanto esfrega a face não recoberta
    com a flanela, toque com o dedo da mão
    esquerda a face recoberta com a folha
    de alumínio. É só tocar!
     

  • Esta operação deve ser repetida algumas
    vezes, enquanto atrita a flanela na face
    plástica, de modo que a máquina fique
    bem carregada.

Ope 3-

  • Se você tocar o alumínio com uma das
    pernas de uma lâmpada néon miniatura,
    verá um brilho por um segundo.
     

  • Tocando o alumínio com o dedo receberá
    um ligeiro choque e, se aproximar a ponta
    de um objeto metálico, verá saltar uma
    faísca. A máquina está funcionando!

Sugestão: Se você tiver alguma dificuldade em fazê-la funcionar, o problema pode estar na umidade do ar (principalmente nas épocas de chuva). Use de um secador de cabelo sobre a placa e sobre o pano e tente novamente.

Divirta-se com sua máquina!
 


Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2012 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1