menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor

Modelo de transformador 2
(Didático - ensino médio)

Prof. Luiz Ferraz Netto
leobarretos@uol.com.br

Objetivo
Evidenciar o princípio de funcionamento dos transformadores.

Montagem
Construa duas bobinas toroidais, ambas com fio de cobre esmaltado #24; uma com 200 a 300 espiras e a outra com 100 a 150 espiras.

Coloque a bobina pequena dentro da bobina grande, ajustando bem. Aos terminais A e B da bobina pequena ligue uma lâmpada para 6V (usadas em lanternas de 4 pilhas). Sempre é bom dispor de soquete para tal lâmpada para facilitar as ligações e as trocas. Na falta dele, basta soldar as extremidades dos fios A e B (devidamente lixadas) aos terminais da lâmpada.

A bobina grande leva, em série, um soquete para lâmpada incandescente comum, como se ilustra em (c):

Ligue o cordão de força na tomada elétrica domiciliar e observe o brilho da lâmpada pequena. Faça essa observação usando no soquete comum lâmpada de 40W, 60W, 100W e 200W. Não demore demasiado nessas observações para evitar aquecimento exagerado na bobina grande.

No interior do conjunto passe um feixe de lâminas de ferro. Repita todo o procedimento anterior para essa nova situação ... núcleo de ferro dentro das bobinas.

Em (d) ilustramos as lâminas envolvendo as bobinas e, com isso, maior concentração das linhas de indução, aumentando a corrente induzida no secundário (bobina menor). Repita todo o procedimento anterior novamente, observando o brilho da lampadinha. Troque a lâmpada (40W, 60W, 100W e 200W) em cada observação.

Se você tirar o núcleo de lâminas de ferro e enrolar um fio de ferro (tipo do caderno espiral) envolvendo todo o enrolamento, o efeito em questão será mais evidente ainda.

Esse experimento é recomendado para ser exibido em sala de aula, por todos os professores de eletromagnetismo. Mãos à obra.


Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1