menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor

Transmissor/Receptor Mínimo
(Parte 2)

Prof. Luiz Ferraz Netto
leobarretos@uol.com.br

Objetivo
Esse é um projeto didático onde pretendemos, a partir de material bem simples, estudar a produção, transmissão e recepção de ondas eletromagnéticas. Ele incorpora uma série de experimentos escolares. Os projetos iniciais produzirão trens de ondas amortecidas que serão recebidos em rádios AM comuns. Depois da análise das descargas oscilantes no circuito L-C, evoluímos para um projeto sintonizado para transmissão e recepção. Estuda-se a sintonia e a ressonância elétrica.

Transmissor/Receptor Elementar 2

Nesse projeto, mais indicado para salas de aula, temos efetivamente um transmissor e um receptor. Agora, tanto um quanto o outro são sintonizáveis, ou seja, há um circuito oscilante L-C em cada um deles. Para uma dada 'abertura' do capacitor variável, no transmissor, há uma estreita faixa de freqüência irradiada, a qual, só será recebida no receptor com o devido ajuste do seu próprio capacitor variável.
O indicador de sinal detetado e recebido será uma pequena lâmpada néon, tipo NE-2.

Material

- 1 pilha grande e porta pilhas
- 1 roda dentada e lâmina flexível
- Bobina - ver texto
- 2 capacitores variáveis de 410 pf
- 1 lâmpada néon NE-2
- 2 bases de madeira, tubos de papelão, 
- Fio de cobre esmaltado #22, fio comum, solda etc.

Esquema - circuito elétrico

Montagem

Comentários
As bobinas L1 e L2 foram enroladas, com 80 espiras juntas de fio de cobre esmaltado #22, num pedaço de tubo de papelão (obtido em lojas de armarinho, para enrolar tecido) de diâmetro 10 cm. Os capacitores variáveis de 410 pF, 1 seção, não são tão fáceis de serem obtidos, mas podem ser substituídos por capacitores variáveis de duas seções, típicos para rádios valvulados (obtido em oficina de conserto de rádios e TV). Na verdade, dois capacitores variáveis iguais de rádios antigos irão funcionar bem. Os tamanhos 'grandes' dos componentes foram selecionados de propósito para permitirem um bom visual para todos os alunos da sala de aula.
A lima usada no experimento 1 foi substituída por uma roda dentada metálica munida de uma manivela, cujos dentes raspam numa lâmina flexível (usei lâmina de bronze fosforoso). Eis, abaixo, algumas fotos de minha montagem:

Fotos/ilustrações

Procedimento
Operar o equipamento é bastante simples. 
- Comece conectando o terminal (jacaré) da bateria na lâmina flexível (esse é na verdade um interruptor improvisado do circuito --- obviamente pode ser substituído por um interruptor tradicional). 
- Dê uma abertura média no capacitor variável do transmissor. 
- Coloque o receptor próximo do transmissor (veja última foto). 
- Gire a manivela e ajuste o variável do receptor até que a lâmpada néon acenda, acusando o recebimento das ondas emitidas pelo transmissor.

Nota: Esse trabalho terá seguimento; incrementações. Ao transmissor será inicialmente incorporado uma segunda bobina que será ligada a um sistema antena/terra. Uma segunda bobina também será incorporada ao receptor, fazendo parte de um sistema antena/terra. A seguir, o receptor irá transformar-se, substituindo-se a lâmpada néon por um diodo de germânio e um fone de ouvido --- uma variante do rádio 'galena'. Mais adiante, ao transmissor associaremos um sistema oscilador para substituir a manivela (ou lima). E ...

Segue na Parte 3 as incrementações para este transmissor.


Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1