menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor

Capacitor variável eletrolítico
(variação por vasos comunicantes)

Prof. Luiz Ferraz Netto [Léo]
leo@feiradeciencias.com.br
leobarretos@uol.com.br

[Revisado em 15/07/2011 - 10:24h]
Apresentação
Construir rádios receptores ditos, genericamente, "rádios galena", sempre foi um ´hobby´ excitante ... não só para mim, como para milhares de outros saudosistas dos "bons tempos". "Antigamente" era até simples de se conseguir um capacitor variável, dielétrico de ar, uma só seção, com capacitância máxima ao redor dos 410 pF. Quando não se conseguia um desses, ´quebrava-se o galho´ com um de dupla seção, muito comum nos rádios valvulados. Depois a coisa foi complicando; tais variáveis começaram a ´sumir´ com o advento dos transistorizados. Hoje, conseguir um capacitor variável, dielétrico de ar, uma seção, 410 pF, é uma aventura que inclui importações, E-Bay, Mercado Livre, etc. Que fizeram os hobbystas?
Começaram a construir seus próprios capacitores variáveis. Há dezenas de projetos neste tema; um bom hobbysta de rádio galena sabe disso!
Bem, eu também quis participar desses projetos --- este artigo é o resultado disso tudo!

Projeto de um Capacitor Variável, eletrolítico, com variação por vasos comunicantes
Em poucos palavras: para variar a capacitância do capacitor, deve-se elevar ou abaixar uma garrafa PET contendo a solução eletrolítica e, com isto, variar a sintonia do circuito oscilante LC, selecionando-se a ´estação´ desejada. A folha de alumínio externa da garrafinha é a armadura positiva do capacitor e o eletrólito é a armadura negativa. O fio em espiral é o eletrodo negativo do capacitor. O nível do eletrólito dentro da garrafinha é quem determina a variação da capacitância (C) do capacitor. É uma festa!
Vamos a ela:

Material - Montagem
A foto 1 mostra: 2 garrafinhas PET de 250 mL (também conhecida por ´pichulinha´), uma base de madeira de 16 por 26 cm, dois sarrafos de espessura 1 cm, largura 3 cm, comprimentos 35 cm e 25 cm, uma folha de alumínio fina (usei folha de 'alumínio' de offset), um tubo de borracha, um longo fio de alumínio de diâmetro 2 mm e fios de cobre.

Bom sucesso! Envie-me seu projeto de 'capacitor variável caseiro' para publicação; todos agradecem!


Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1