menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor

Apontador altazimutal

Observatório Phoenix
Dúvidas e Perguntas?

Objetivo
Construir um dispositivo para localizar ou determinar a posição de astros usando as coordenadas altazimutais e servir de apoio prático no ensino deste sistema de coordenadas.

Apontador altazimutal

Material necessário

- 2 discos de madeira compensada de 12 mm de espessura e 100 mm de diâmetro
- 1 bloco de alumínio de 6 mm (1/4") de (50 x 50) mm
- 1 peça de madeira compensada de (78 x 36 x 12) mm
- 1 peça de madeira compensada de (82 x 40 x 12) mm
- 2 parafusos de 4 x 32 mm (5/32" x 1-1/4") com porcas auto-travantes
- 12 cm de tubo de alumínio de 10 mm de diâmetro para o visor
- 2 escalas graduadas impressas em papel
- laminado adesivo transparente tipo "Contact"
- retalhos de feltro
- 4 parafusos auto-atarrachantes 2,4 X 13 cabeça chata
- arame de aço de 1 mm para os ponteiros
- cola e pregos

Detalhes das peças

Montagem
Fure o bloco de alumínio conforme desenho (4 furos de 4 mm (5/32") para os parafusos e um de 5 mm (3/16") no centro). Os furos dos cantos devem ser escariados para acomodar a cabeça dos parafusos auto-atarrachantes e no furo central faça uma rosca de 1/4" 20 fios por polegada. Esta rosca é padrão dos tripés e suportes de máquinas fotográficas. Fixe este bloco com os parafusos no centro no disco de madeira.
Recorte o segundo disco como indicado no croqui e faça um canal na parte superior para receber o tubo de visada.
Recorte e fure as peças de madeira conforme o desenho. Faça a montagem do suporte com cola e pregos.
Imprima as escalas graduadas (de preferência em uma impressora laser). Lembre-se de ajustar a escala para 1:1. Recorte e cole com cola branca sobre o disco de madeira.
Corte o segundo disco de madeira como indicado. Recorte o quadrante e cole, alinhando com a parte superior. Use um pedaço de laminado adesivo para impermeabilizar as faces dos blocos e proteger as escalas.
Recorte do feltro duas arruelas de 36 e 24 mm de diâmetro com um furo central de 4 mm. Com os parafusos, monte o conjunto, usando as arruelas de feltro como mancais. Ajuste os parafusos para que as peças deslizem suavemente.
Usando pedaços de arame de aço, faça e instale os ponteiros.
Para fazer o visor, corte o tubo e lixe as rebarbas. Um pedaço de tubo de antena de TV serve perfeitamente. Finalmente, cole o tubo de visada com cola forte (araldite) sobre o setor graduado.

Orientação do instrumento

Procedimento
Instale o apontador em um tripé de máquina fotográfica ou outro dispositivo qualquer que permita o nivelamento, aponte o tubo de visada para um ponto previamente marcado no horizonte com uma bússola (norte magnético ou NM). Usando a escala horizontal desconte a declinação magnética local.
Este dado poderá ser obtido em cartas de navegação aérea ou marítima, consultando o aeroclube de sua cidade ou autoridade aeronáutica local. Lembre-se que a declinação magnética varia com o tempo e são necessárias atualizações dos valores publicados. Depois de feito o desconto você terá localizado o Norte Verdadeiro (NV).
Apontando esta referência, alinhe o triângulo da escala (Norte) com o ponteiro. O azimute é sempre lido no sentido horário a partir do NV. A escala vertical indicará a altura acima do horizonte.
Você agora está pronto para localizar os astros a partir de suas coordenadas altazimutais. Você poderá localizar e observar planetas durante o dia! Lembre-se que quando resolver marcar a posição de um objeto, além da altura e do azimute, devem ser anotadas a sua posição geodésica e o momento da observação. Normalmente são usados o Dia Juliano (veja na seção Dicas) ou o Tempo Universal.
Quase todos os programas tipo planetário fornecem estas coordenadas. Não se esqueça de acertar a hora do relógio interno de seu computador ou do próprio programa e as coordenadas do local de observação para que os cálculos sejam coerentes.

10-nov-2003

Voltar


Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1