menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor

Planisfério

Dúvidas e Perguntas?

Considerações
A melhor ferramenta para a iniciação na astronomia e na localização dos astros é um planisfério rotativo. Ele indicará para cada data e hora as constelações que estão visíveis e sua posição no céu.

Infelizmente estes planisférios não são atualmente disponíveis no Brasil, e dependemos das fontes externas para sua obtenção. Uma alternativa é baixar da Internet alguns dos planisférios feitos por astrônomos residentes do hemisfério norte que, apesar de construídos para o hemisfério sul, apresentam o céu da maneira que é visto de lá, com os nomes invertidos. Outros limitam a escala de declinação à linha do equador celeste.

Objetivo
Construir um planisfério, ajustado para nossa latitude local e que nos mostre o céu do nosso ponto de vista, ou seja, de frente para o pólo Sul. Abaixo damos um visual do aspecto final da montagem.

 

O Indicador
Para construir o planisfério, imprima as duas figuras abaixo em uma folha tamanho oficio, de papel mais encorpado. Mande plastificar a folha inteira e em seguida recorte o disco e a mascara para o horizonte, obedecendo a linha de sua latitude local.
Use um colchete de pressão, alfinete, "percevejo" ou ilhó para fixar a máscara no centro do disco, de modo que ela possa girar livremente.

 

Como usar
Nosso planisfério tem uma escala de datas em torno do disco, destacando os dias 1 (traço longo), 11 e 21 de cada mês. Sobre a data desta escala, ajuste a hora local, indicada na borda da máscara.
A máscara irá limitar o horizonte, entre o Leste e o Oeste, passando pelo Sul. Fique de frente para o Sul. Seu braço esquerdo estará do lado Leste e o direito do Oeste. Procure localizar as estrelas mais brilhantes, que estarão nas posições indicadas pelo Planisfério.
Quando se virar para o Oeste, coloque a marca W em baixo, para o lado Leste use E em baixo.
A borda do mapa está limitada à declinação 40 graus norte, e as constelações aparecem bastante deformadas nesta área. Quando se virar para o Norte, inverta o mapa, colocando-o de cabeça para baixo.

Na parte interna da escala estão os indicadores de posição: a Ascensão Reta em horas e sobre as escalas diametrais as divisões das declinações, de 10 em 10 graus.
O círculo centralizado representa a linha do equador. Lembre-se que a declinação é medida a partir do equador, para o Norte ou para o Sul.
O círculo tracejado indica aproximadamente a posição da eclíptica, o trajeto do Sol durante o ano e sobre a qual se encontram os planetas.

27-set-2006

 


Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1