menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor

Astronomia - FAQ - 78

Marcelo Moura - Observatório Phoenix
Prof. Luiz Ferraz Netto [Léo]

Pergunta:

- Estou interessado em construir um telescópio conforme vocês sugerem no site. Tenho um vidro com 250 mm de diâmetro e espessura de 30 mm, qual seriam os parâmetros para conseguir a melhor performance?

Resposta:

- Um telescópio de 250 mm é um grande telescópio. A menos que ele seja montado em uma instalação fixa, ele não poderá ter um espelho esférico: ele ficaria com 2,5 m de comprimento e uns 100 kg de peso! Para construir um telescópio mais curto, o espelho obrigatoriamente será um parabolóide, de construção mais difícil.
Um bloco de 250 mm deveria ter pelo menos 50 mm de espessura, mas este problema pode ser contornado usando uma célula de apoio um pouco mais complicada para evitar a flexão do bloco.
Em primeiro lugar você deve determinar a luminosidade do aparelho, o f/D (distância focal/diâmetro do espelho primário). Normalmente este número fica entre 4 e 15.
Telescópios com f/D=4 são muito luminosos e mais difíceis de construir. São ideais para poucos aumentos e objetos escuros, como nebulosas e cometas.
Um f/D=10 gera um telescópio de imagens mais escuras, é mais fácil de construir mas fica muito grande. Em compensação fornecerá mais aumentos e será ideal para observação planetária.
Definido o f/D, você calcula a distância focal f. O aumento será calculado dividindo este f pela distância focal das oculares.
O raio de curvatura do espelho será de R= 2 x f.
Defina dos valores de sua preferência e mãos à obra!


VOLTAR às PERGUNTAS
 


Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2012 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1