menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor

 Caixa e Gerador

Enviado por Marcel
marcelbranco@uol.com.br
7a série 

Apresentação -  Olá pessoal, o Marcel enviou-me essa mensagem em 23/12/2004 e a seguir, autorizou-me a apresentar para discussão a seguinte 'engenhoca'. Quem quiser comentar sobre o 'possível' funcionamento, ou não, é só enviar-me um e-mail, clicando aqui.

*******

Olá, meu nome é Marcel, sou estudante, estou na 7ª série e meu e-mail é marcelbranco@uol.com.br .

Não sei não, mas quando li a parte do site que fala sobre os Motos Contínuos, fiquei pensando sobre como poderia ser um que desse certo (que, na certa, não é esse....mas não custa enviar). Aqui está:

A idéia é a seguinte: depois de cheio, a porta do recipiente mais alto (pontilhada) é aberta, de modo que, quando a água chegue na bomba, ainda haja pelo menos água até a metade do mesmo. Quando a água passar pela hélice, acionará um sistema de rodas dentadas, que como o mostrado na figura aumenta em duas vezes a energia cinética produzida (a roda menor é a metade da maior, em raio). A energia, após passar por um gerador e se tornar elétrica, passa por um estabilizador, cuja função é deixá-la sempre na mesma potência, para que a bomba trabalhe sempre na mesma velocidade. A bomba pode enviar a água de volta ao recipiente inicial (aliás, antes que eu me esqueça, o buraco no alto do recipiente mais baixo é para impedir pensamentos contraditórios à respeito da pressão dentro dos tubos) e que, por sua vez vai estar sempre recarregando a água do recipiente (sem a necessidade de ficar abrindo e fechando a porta) e gerando mais energia elétrica para sustentar a bomba. Acho que já deu pra entender.

Obrigado pela atenção,

Até mais.

*********

Primeiro Comentário
Recebido em 05/01/2005 e enviado por Odaval Pereira, ao qual agradeço o interesse, a participação e a autorização para publicar seu belo comentário.

Olá prezado amigo e Profº Léo  
Este é um comentário sobre o experimento de Marcel Branco; Caixa e Gerador.    

Prezado Marcel,
Parabéns pelo projeto e pelo interesse em procurar soluções alternativas de energia. Alguns anos atrás, fiz vários experimentos diferentes deste, mas com o mesmo "princípio", e constatei que não estavam funcionando de acordo com as 'expectativas'. Então aprendi que o gerador estava causando um força contraria à sua capacidade geradora, ou seja, um fenômeno conhecido como a Lei de Lenz.
A relação entre o sentido da corrente elétrica induzida em um circuito fechado e o campo magnético variável que a induziu foi estabelecida pelo físico russo Heinrich Lenz. Ele observou que a corrente elétrica induzida produzia efeitos opostos a suas causas. Mais especificamente, Lenz estabeleceu que o sentido da corrente elétrica induzida é tal que o campo magnético criado por ela opõe-se à variação do campo magnético que a produziu. Em outras palavras, para gerar uma corrente induzida, é necessário gastar energia.
Se você quiser fazer este experimento na pratica, utilize como geradores os pequenos motores de carrinhos elétricos, pois sem precisar fazer mudanças, eles funcionam como dínamo, e veja o que acontece, sendo que, a partir daí você terá outras idéias também. Agora seria interessante saber a vazão da água, dimensões das engrenagens e correias, mas isso só com o Profº para calcular.  

Cordiais saudações.
Aquele abraço.
Odaval Pereira < aliancasriopreto@uol.com.br >

******************

 

Adicione nosso site aos seus favoritos clicando aqui

 

 


Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1