menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor

Motor rotatório magnético

Luiz Antônio de Jesus Silva

Este modelo foi desenvolvido utilizando somente ímãs. Seu princípio de funcionamento se baseia em um Motor Rotativo, minha meta foi desenvolver um Moto Perpétuo Magnético que é o objetivo almejado por muitos inventores em todo mundo.
Na figura nº 1 aparece o rotor deste modelo. É constituído por uma seqüência de ímãs; no desenho aparecem 8 ímãs todos com seus Pólos Sul para o lado de fora, podendo ser uma quantia bem maior que essa. Os dois Ímãs Exteriores que também tem seus Pólos Sul para o lado de dentro do Motor.

Para que este sistema possa desenvolver uma força capaz de produzir um movimento no sistema, seria necessário que a resultante das forças aplicadas nos ímãs do Rotor agissem fora de seu Centro. Veja na abaixo como deverá ser este Motor.

Antes de chegar a este modelo da figura nº1, Eu já havia realizado diversas experiências sem obter nenhum sucesso. Em todos os modelos anteriores eu mudei a posição e inverti os Pólos dos Imãs Externos sem obter nenhum resultado concreto, então restou mexer nos ímãs do Rotor. Para colher algum fruto deste meu trabalho eu teria que conseguir um meio que mudasse o ponto de apoio dos ímãs do Rotor. A única alternativa foi aplicar nos ímãs Interno uma rotação (40º) deslocando o seu ponto de apoio para o exterior do Rotor.

Utilizando os ímãs externos um com um Pólo Norte e o outro com um Pólo Sul direcionado para o Rotor, não deu resultado por que a repulsão causada pelo ímã Exterior Sul era anulada pela atração causada pelo ímã Exterior Norte, então neste caso eu deixei os ímãs Exteriores com seus Pólos Sul direcionado para o Rotor. Assim, a repulsão do ímã Exterior Direito se soma à repulsão do ímã Exterior Esquerdo, havendo uma grande possibilidade deste conjunto entrar em giro. Veja projeto final deste modelo.

Neste modelo final eu coloquei um ímã redondo ao redor do Rotor, desta maneira este ímã causará uma repulsão ao mesmo tempo em todos os ímãs do Rotor, não tendo pontos de repulsão que atrapalhem o seu movimento como aconteceria com o modelo da figura nº1.

Espero que as minhas explicações sejam suficientes para que todos entendam as minhas idéia. Deixo plena liberdade para que o Professor Léo faça todas as correções que acharem necessária nas minhas explicações.

Qualquer correspondência pode ser mandada para o e-mail luisant3@hotmail.com .
Luiz Antônio de Jesus Silva
Bragança Paulista, 13 de abril de 2008.

NOTA: Fiz apenas ligeiras alterações em ortografia e sintaxe. A idéia básica do texto não foi 'mexida'. Deixo aos consulentes do Feira de Ciências, e fãs dos motos perpétuos, o trabalho de indicar a falha no funcionamento desse projeto.
Léo

 

 


Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1