menu_topo

Fale com o professor Lista geral do site Página inicial Envie a um amigo Autor

Conservação de Animais e Vegetais Mortos
(Projeto de biologia experimental)

Prof. Luiz Ferraz Netto [Léo]
leobarretos@uol.com.br
luizferraz.netto@gmail.com

Introdução
A conservação de animais mortos e de partes de vegetais ou de pequenas plantas inteiras é feita em soluções de formol ou álcool. Esse método é mais usado para a conservação de animais, pois as plantas perdem mais rapidamente a consistência e as cores.

As peças a serem conservadas devem ser colocadas em frascos de vidro de boca larga, com tampa também de vidro bem ajustada. Tais frascos são conhecidos como "frascos hamburgueses". Em certas cidades do interior são usados no comércio para guardar balas.

O tamanho do frasco deve ser escolhido de acordo com o tamanho da peça que se pretende conservar. Para melhor conservação, os frascos devem ser vedados com parafina, para evitar a evaporação do formol ou do álcool.

As soluções podem ser preparadas de acordo com as seguintes indicações:

Solução de Formol

A concentração (em volume) pode variar de 4% (para animais cujo organismo tem alto teor de água) a 10% (para os demais). Prepare o formol na concentração desejada a partir do formol comercial, que pode ser considerado puro.

Para preparar uma solução a 4%, tome 40 ml de formol e acrescente água até completar 1 litro.
Para preparar uma solução a 10%, tome 100 ml de formol e acrescente água até completar 1 litro.

Solução de Álcool

O álcool encontrado no comércio traz a indicação 42° ou 36°; o primeiro corresponde a 96% e o segundo, a 85%.

A partir do álcool de 42° (96%) prepare a solução a 70%, tomando 700 ml de álcool e acrescentando 260 ml de água.

Aguardamos seu parecer sobre esta série de experimentos.


Copyright © Luiz Ferraz Netto - 2000-2011 ® - Web Máster: Todos os Direitos Reservados

Nova pagina 1